Equipe Diaconal

Para nós, o Servir é um Estilo de Vida!

Apascentai o rebanho de Deus, que está entre vós, tendo cuidado dele, não por força, mas voluntariamente; nem por torpe ganância, mas de ânimo pronto” (1 Pedro 5:2)

Entendemos que nossa visão de ministério e liderança precisa e está construída com base no servir ao Corpo de Cristo, e que esse servir precisa ser voluntário, não apenas em obediência, mas também em submissão, pois a submissão será o reflexo do nosso servir em amor.

Em razão disto, a nossa prontidão no servir deverá ser um estilo de vida e não uma postura expressa apenas em alguns momentos ou quando investido de responsabilidade.

Entendemos que,

  • Um SERVO dá a vida pelo seu próximo por AMOR a ele;
  • Um SERVO tem o SIM em seu rosto;
  • Um SERVO não barganha pelo que receberá ao servir;
  • Um SERVO não faz acepção de pessoas;

Compreendemos que, ao contrário do que muitos dizem, o servir na congregação não pode ser apenas para agradar a Cristo, mas para também agradar aos nossos irmãos. Precisamos servir com amor seja a Deus ou ao nosso irmão. Pois somente assim o amor será uma marca dos nossos princípios e da excelência de nosso ministério.

Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? 1 João 4:20

A submissão do Senhor Jesus em cumprir o martírio na Cruz, aconteceu por amor e não apenas por obediência, não apenas por um mandamento, pois é sabido entre nós que “Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênto para todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna” João 3:16

Deus fez a criação por amor e permitiu a salvação por amor.  Jesus se submeteu ao martírio por amor, prova disto, são as suas palavras no auge da consumação que diz: “Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem. E, repartindo as suas vestes, lançaram sortes.” Lucas 23:34

Jesus nos ama e por isso se entregou por nós. Ele nos perdoou por amor e não por mandamento.  Devemos buscar em Deus este amor, devemos nos entregar e servir como o nosso mestre, Jesus Cristo.  Por isso, entendemos que a nossa alegria e motivação no servir precisa ser as vidas que a nós são confiadas pelo Senhor.

 A Excelência está comprometida com o princípio de servir em amor!